Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

A vida sabe bem o que faz!!

A vida é uma caixinha de surpresas, que nos vive pregando partidas às vezes boas e às vezes nem por isso... Mas o importante é o que aproveitamos sempre, é tirar algum partido delas ( as coisas menos boa).  Vale à pena tudo o que conseguimos aprender, nada é por acaso, e nada é perdido, sempre aproveitamos algo. E hoje novamente aprendi isso, o pequeno Martim ficou doente, obrigando-me a parar, a dedicar-me apenas a ele e esquecer algumas coisas que tinha planeado, como alterar o quarto das miúdas e pintar um móvel, mas na verdade o meu corpo precisava de descanso, coisa que eu não estava disposta a fazer.Então a vida arranjou outra maneira de me fazer descansar, e conseguiu, hoje passei o dia entre filme de desenhos animados, dormir e cozinhar, e que bem me fez.  Se o faria se não fosse obrigada?? Não, claro que não, o meu tempo é curto e não o posso desperdiçar em momentos de preguiça, mas há coisas que não controlamos  e sem dúvida que a febre do Martim teve aquele lado positivo de me…

Passei me da cabeça de vez com tanta estupidez!!

No outro dia depois de andar as voltas no blog cheguei a conclusão que se estava a tornar um blog com demasiados desabafos tristes, então decidi que se iriam acabar esses textos,que iria continuar a escrevê-los mas não para partilhar, apenas ficariam para mim, e assim o tenho feito.

Mas hoje vou quebrar essa promessa, e vou partilhar uma coisa com vocês que nunca pensei em o fazer mas depois de ver pais a reclamarem dos filhos chorarem e sofrem com o facto de não irem de férias, dei conta que a situação que se anda a passar cá em casa tinha mesmo de ser partilhada,, não para me fazer de pobre coitada, mas sim para servir de exemplo do que é ver uma criança a sofrer por alguma coisa mesmo importante, pois no meu ver ir de férias não passa de um luxo, que muitos não o podem fazer para manter comida na mesa.

Mas vamos lá ao que entressa, já faz três semanas que todos os dias depois de tomarem banho e de se vestirem a Maria e a Lu me pedem colo, sem pensar duas vezes vou para o quarto del…

Ai Martim #27

Todos os dias lhes contava uma história  mas para que o Martim desenvolva mais a linguagem tem sido ele a fazê-lo.
Hoje enquando eu fazia o jantar veio ter comigo: - Mãe hoje vou te contar a história do belo e das monstras! - Não queres dizer da Bela e do Monstro ? -Não mãe, hoje vou te contar a nossa história, e eu sou o Belo e vocês as monstras! -Ohhh filho eu sou um monstro! -Sim, as vezes és princesa! -Quando ?  -Quando eu te dou um beijinho! -Então é por isso que me dás muitos beijinhos? -Claro, eu tenho medo de monstros!

Anda uma mãe a criar um filho para isto? Acabaram as histórias cá em casa casa, senão um dia destes ainda sou o lobo mau, ou coisa pior! Hehehehe

Na hora das crises /birras!

A paciência é um dom que se  vai adquirindo. Com  paciência se vive melhor, se tem a noção de que tudo tem a hora certa para acontecer e que nada é por acaso. A paciência traz calma e serenidade quando praticada nos momentos difíceis, e isso eu aprendi com a agitação e birras do Martim. No início ia aos arames rapidamente, gritava e com isso só fazia com que ele ficasse mais nervoso e agressivo. Com isso aprendi a ter calma, a conversa, a dar colo, a tentar entrar no mundo dele e conseguir sair daquele estado de crise.
Nem sempre é fácil, mas com o tempo torna-se rotina e já é automático, é já não funciona de outra forma. 
Nós mães/país já temos noção de todos os sinais que eles nos vão dando quando esta para chegar uma birra ou uma crise, com esse dom (sim é um dom que só nos mães temos) conseguimos antecipar as coisas, e com toda a calma, paciência e amor às coisas passam rapidamente.
Ainda ontem fez uma birra enorme sem qualquer sentido, peguei nele, e apenas lhe ia perguntando se est…

Aprender a viver com pouco!

Quem tem muito , nao sabe a falta que o não ter faz, talvez o não ter, seja a razão para se  dar valor a certas coisas, a certas pessoas e sentimentos, quase sempre quem tem muito, ignora as pequenas coisas, essas que fazem toda a diferença. 
E eu  cresci e aprendi isso da pior maneira, não que tivesse muito, mas muitas vezes não dava valor a pequenas coisas, mas o facto que ter perdido uma pessoa tão importante, fez com que passasse a dar valor a tudo, a um simples passeio no parque  a um abraço, a uma flor arrancada na rua, um beijo ou até apenas a um sorriso.
Agora sou feliz com pouco, mesmo que me possam dar muito, mesmo que me deixam o mundo, uma estrela me faz feliz. E com isso tenho ensinado ao pequenos o mesmo, fazendo com que os pequenos passeios,aquele biscoito ou até aquele desenho dado pelo colega de turma seja um tesouro, para ficar guardado na caixinha das recordação. Para que um dia olhem para trás com orgulho,com saudade e boas recordações de tudo o que viveram, mesmo qu…

Vivo assombrada pelo medo!

Estamos a dias de entrar no mês de Agosto mas honestamente a minha cabeça já anda no mês de Setembro, um dia repleto de novas aventuras, aventuras essas que me estão a assustar um pouco. São várias mas hoje vim falar sobre a que mais me preocupa, a ida do Martim para a escola primária,só de pensar fico aflita e sem saber o que fazer para não passar para ele esse meu nervosismo.
Como já partilhei com vocês o Martim têm um atrasso de desenvolvimento global, mas o seu ponto fraco é a linguagem e a coordenação da motricidade final, dois pintos fundamentais para que possa ter bons resultados na sua vida de estudante,por isso o ano passado ficou retido mais um ano para ver se haviam melhorias, e sim houveram e muitas, a linguagem já está mais compreensível, já se controla a nível da hiperatividade, fazendo com que tenho melhorado a relação com o colegas e até com as irmãs. Fazendo dele um menino mais maduro, independente  responsável e acima de tudo passou a ter mais confiança nele próprio …

Juro que não envenenei ninguém!

Enquanto eu ia arrumando umas coisas na cozinha o Martim foi ver o que era o jantar, depois disso corre ate as manas e grita todo feliz:

-Vinde jantar, é ervilhas com ovos envenenados!! Hum hum gosto tanto!!

Estou dês dessa altura a dizer escalfados mas a criança ateima que são envenenados!!
Hehehe!!

Só espero que amanhã ninguém lhe pergunte o que é que jantou, senão ainda vou ter a protecção de menores a porta.
Se o Martim podia ser diferente, podia mas nada seria igual !!

Coisas de mulher #1

Se a higiene íntima era assunto tabu, hoje em dia ganha um grande destaque e entra na lista dos tópicos obrigatórios a serem discutidos nas consultas com o nosso ginecologista.  Uma boa higiene intima é importe devido ao estilo de vida actualmente nos mulheres temos. O uso de roupas justas e sintéticas, a realização de depilação com cera e o excesso de stress, gera uma série de mudanças no corpo, reduzindo as defesas do organismo e deixando-o mais susceptível ao aparecimento de doenças e infecções. Todos esse factores podem ajudar a irritar a região íntima ou prejudicar a sua ventilação, alterando assim o seu pH  e criando um ambiente propício ao desenvolvimento de alguns problemas ginecológicos. Por isso, esse tipo de higiene é visto como essencial. Mas para realizá-la são necessários alguns cuidados específicos, como a utilização de bons produtos íntimos. A região íntima contém um pH ácido que funciona como uma “capa” e protege a pele de bactérias. Entretanto, ele pode se desequilibrar…

Dei o primeiro passo e não morri!

Este fim de semana libertei os miúdos, sai sem eles, dei aquele passou que me dava medo. Comecei a dar um passo a frente, só tenho medo de cair e de me esquecer. Mas enquanto o faço descobrirei minha identidade. Não sabia como começar, não sei como continuar ou se vou parar, mas vou tentando, passo a passo, meus sentimentos irão fluir sem destino. As coisas não são tão fáceis, penso, logo choro. Escuto, reflito, sigo e caio. As coisas realmente não são tão fáceis assim. Seguir em frente requerer bons pensamentos, e isso é uma coisa que ainda está se desenvolvendo dentro de mim. Assim como a minha capacidade de perceber e acreditar que um dia vou ficar marcada nesse mundo. Enquanto uns observam, outros falam, alguns pensam e acreditam... eu sinto que hoje foi o primeiro de muitos passos dados.

Ontem foi bom, mas hoje acordei e tudo voltou ao normal!

Hoje vim falar do dia de ontem, um dia diferente dos normais, um dia onde por momentos senti um pouco de paz, de alívio por os ver sorrir.

 A casa esteve cheia, cheia de sorrisos, de crianças a brincar, de adultos descontraídos, sem grandes presas mesmo hoje sendo dia de trabalho.

Houve bolos e bolachas, houve de tudo menos a dieta, foi dia de domingo mesmo numa terça-feira.
Houve um menino dos anos  feliz, radiante por ter toda a gente reunida por sua causa. O seu sorriso estava do tamanho do meu orgulho por ver que tudo o meu esforço valeu a pena e ele estava a aproveitar o seu dia ao máximo.

Juro que por momentos queria que todos os dias fosses como a noite de ontem nas hoje acordei e a vida voltou ao normal

Mais uma etapa concluída, mais uma mãe orgulhosa!

Mais uma etapa concluída,nem sempre foi fácil, mas conseguiste, com muito trabalho e dedicação conseguiste chegar ao fim ! Nova etapa irá começar em breve, onde serás posto a prova vezes sem fim, mas eu acredito que irás vencer, que irás mostrar que com todas as tuas limitação tu consegues tudo, a tua maneira mas consegues. E nas vezes que as coisas correm menos bem, eu estarei lá para te ajudar a levantar sem medo. Assim como estarei para te guiar pelos melhores caminhos, para te levar de mão dada até a vitória. 
Desejo que a tua  vida siga, que possas sempre encontrar o teu caminho, que tenhas fé, serenidade e principalmente calma para transpor todos os obstáculos que irão surgir no teu caminho, coragem para assumir e enfrentar as dificuldades, perseverança para que jamais desistas ou desanime ao longo da tua nova jornada...
Parabéns meu amor por tudo o que conseguiste até hoje, sem dúvida que és um verdadeiro herói, que enfrenta todos os desafios sem medos  tenho tanto orgulho em ti …

A Casa Grande" por Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger

A APSA – Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger, é uma associação sem fins lucrativos, registada como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), que nasceu a 7 de novembro de 2003. O seu objetivo é promover o apoio e a integração social das pessoas com Síndrome de Asperger, favorecendo as condições e capacitando para uma vida autónoma e digna. A Síndrome de Asperger é uma perturbação do espetro do autismo, que afeta o desenvolvimento e as capacidades de comunicação e relacionamento.
A APSA dispõe de ótimos espaços exteriores para todo o tipo de realização de eventos, desde festas de aniversários, a batizados, ações de teambuildingcocktails, eventos de finais de tarde, entre tantos outros. Dispõe também de estacionamento gratuito e a sua localização é bastante acessível (em Benfica, Lisboa).
Aberto todo o anos, somente fechamos para férias durante o mês de Agosto . 







Ao realizar o seu evento nas instalações da APSA está a contribuir para a causa da Síndrome de Asperger …

Luana doente #1

Sei que já passaram alguns dias dês do regresso da Luana a casa, e que ainda não vos vim contar o que se passou ao certo. Não o fiz por ingratidão, mas sim para aleviar um pouco a cabeça sobre o assunto,estávamos a precisar de esquecer o assunto por uns tempos para que as coisas aos poucos andarem novamente na linha.
Mas hoje aqui vim vos contar um pouco o  que se passou nestas últimas semanas.
Na segunda a pequena chegou da escola a vomitar e com fortes dores de cabeça  chamei o pediatra a casa mas infelizmente as coisas não ficaram melhores e no dia seguinte fomos ao hospital  onde nos foi dito que seria uma virose. Viemos para casa, e a noite foi novamente horrível, entre gritos e choro só me pedia para a levar ao médico. E assim foi, na quarta voltamos ao hospital, e rapidamente fomos transferidos para a pediatria. Quando lá chegámos fomos rapidamente atendidos, onde foram feitos vários exames e vários diagnósticos  foram postos em cima da mesa, até que o pior dos diagnósticos er…

O sacana do tempo não pára!!

O tempo passa num piscar de olhos. Seja ocupado no trabalho, em casa com os nossos filhos  seja naquele momento a sós. Quando se dá conta, lá se foi mais um dia. Pessoas vêm e vão, fazemos novos amigos, descobrimos coisas novas, lemos novos livros, mudamos de casa, temos outro filho, eles aprendem a falar, a andar ... Quando se dá conta, lá se foi mais um ano e eles cresceram e nos lembramos que ainda há pouco brincávamos as bonecas com as amigas da escola e que agora cuidamos de uma criança.E olhando para trás, fizemos tudo o que queríamos fazer? Aquele miúdo giro dos nossos sonhos é hoje quem está ao nosso lado, como sempre sonhamos ? Ou o medo e insegurança fizeram com que ele virasse apenas uma pequena lembrança que ainda hoje se  leva no coração? Tiramos o curso que queríamos? Compramos aquela casa com que sempre sonhámos? Fizemos aquela viagem  Tivemos aquele casamento onde éramos princesas?
O arrependimento pode ser o pior sentimento que se pode sentir... Por isso, aproveitem ca…

Agora a inveja é a rainha da festa!!!

Três da manhã, as luzes acendem e dá entrada mais um bebé, com ele vêm um casal, ambos novos, ele trata de arrumar as coisas, ela fica a acalmar o bebé, com medo de acordar alguém. Ambos conseguem adormecer o pequeno, eles despede-se da mãe com um beijinho na testa e vai embora.  Nesse momento caiu me a ficha, senti uma inveja enorme daquela mãe, daquela família, eu não tinha tido a sorte de ter alguém a meu lado,nem quem me dissesse ao ouvido que ia me ajudar e proteger de tudo e todos.  Eu estou por minha conta, sozinha em todas as batalhas que a minha vida e a dos miúdos nos vier a sujeitar. Agora não terei aqueles beijos,aquele apoio, aquela ajuda  agora apenas terei um anjo a olhar por mim e um inveja que me irá remoer vezes sem conta.

Hoje não me deixaram ser mãe!!!

Hoje fiquei no lado de fora de uma sala, sala essa onde reinava o seu choro e o seu desespero, onde o meu nome era implorando e eu estava ali sem poder fazer nada. Fiquei de lado, num desafio que foi colocado no seu caminho, não estive a seu lado, não lhe agarrei a mão, não lhe dizer que tudo ia passar, e que eu estaria sempre a seu lado. Estive de fora, não me deixaram ser mãe, ser sua companheira, não deixaram e eu fiquei ali, apenas a ouvir o seu sofrimento e o meu nome.
Mas quando aquela porta abriu, voltou aos meus braços e lhe dizer que tudo era passar e que farei de todo o nosso amor forças para que este desafio seja mais uma batalha ganha na nossa vida.

Anda tudo a procura dos defeitos dos outros!!

Quando uma pessoa procura defeitos noutra, a situação torna-se tensa e negativa. Ao contrário, quando se procura com sinceridade os pontos fortes dos outros, florescem as melhores conquistas humanas.

É fácil encontrar defeitos. Qualquer um pode fazê-lo. Mas encontrar qualidades e ver qualidades , isto é para poucos, ou melhor isso é para pessoas especiais com o coração cheio de amor .

Chegou ao fim a caminhada com a intervenção precoce!

Depois de sete anos acompanhado pela intervenção precoce chega ao fim esta caminhada juntos, não porque não fosse preciso mais algum tempo mas sim porque novas etapas e experiências estão para vir em Setembro.
Ao longo destes anos houve muito trabalho  muitas lutas ganhas, outra perdidas, mas acima de tudo houve muito profissionalismo e amor que resultou muito bem e os resultados estão à vista.
Foi submetido a primeira avaliação com quatro meses,ainda sem qualquer tipo de diagnóstico  apenas por um atraso de desenvolvimento e por agitação fora do normal, nos anos seguintes em Setembro sempre que era avaliado havia sempre mais uma dificuldade, mais uma meta a alcançar, mas hoje acaba a caminhada de uma forma geral muito positiva. Come pela própria mão, fala, escreve, conta e desenha, com algumas limitações, mas quem diria que o Martim ia chegar tão longe, ninguém.. Houveram sempre dúvida no futuro, assim como ainda as há, mas sempre houveram certezas de que estava a ter a melhor equip…

Meus queridos filhos!!!!

Meus queridos filhos , como dói vos vêr doentes. Sem pensar duas vezes trocaria de lugar com vocês  e ficaria eu doente. . Infelizmente não posso, e apenas me resta tratar de vocês o melhor e dar o meu melhor para que vocês se sintam amados e protegidos. 

Além disso eu sei que vocês são fortes e capazes de superar essa doença, principalmente porque a nossa estrelinha estará ao vosso lado a todo momento,tendo a certeza que vocês irão ficar bons rapidamente para poderem votar a espalhar magia.

A reacção do Martim ao seu novo amigo!

O Martim apesar de todos os seus problemas é uma criança muito inteligente, e no que toda a animais é um génio(a sua maneira). E com o passar do tempo esse seu gosto tem aumentado, assim como a sua curiosidade, fazendo com que nos esteja sempre a pedir livros e jogos onde possa aprender e descobrir tudo sobre o mundo animal. Como já era de esperar a pouco tempo começou a pedir um animal de estimação, ao qual eu cedi e dei-lhes três peixes, mas rapidamente me pediram um gato, tinha de ser bebé pois queria tratar dele e ensinar-lhe tudo. Não cedi logo, mas depois de tanto me pedirem não tive como não o fazer.
Expliquei tudo o que implicaria terem um animal, mesmo assim quiseram e eu tratei de preparar a sua chegada.
Na segunda feira chegou, e com ele chegaram os medos, mas rapidamente que eram parvos pois eu tenho três crianças maravilhosas, que rapidamente trataram de fazer com que o gatinho estivesse bem, e mesmo nos momentos mais complicados têm mantido a calma para que rapidamente …

Leão ou gazela, o importante é lutar pela vida!!

Todas as manhãs em África, a gazela acorda. Ela sabe que precisa correr mais rápido que o mais rápido dos leões para sobreviver. Toda manhã um leão acorda. Ele sabe que precisa correr mais rápido que a mais lenta das gazelas senão morrerá de fome.

Não importa se somos  um leão ou uma gazela. Quando o sol nascer, comece a correr, como se não houvesse amanhã, pois a vida é demasiado curta para lamentar o ontem ou o hoje. O dia de ontem não foi bom? Então vamos lutar para que o hoje e o amanhã seja melhor, e sempre com o objectivo de sermos capazes de mais e melhor, é acreditem que esse exemplo é o melhor que deixamos ao nossos filhos, para que saibam levar a vida com determinação e sem dar como todos os objectivos por adquiridos.

Quem eu sou?

Quem eu sou?! 
Eu sou aquela eterna criança que brinca, sonha e que de vez em quando gostava de voltar a ter cinco anos para sair um pouco da responsabilidade de ser alguém na vida, de ser mãe. 
Confesso que sempre brinco  sinto uma liberdade, uma adrenalina, e dou conta que não adianta tentar ser alguém e não se sentir feliz com isso. Temos que fazer aquilo que nos deixa eufóricos, aquilo que faz o coração vibrar de alegria e o corpo sorrir de emoção. A única coisa que eu não costumo brincar é no meu papel de mãe, esse meu papel eu costumo levar tudo bem s sério. Me cobro sempre que cometo um erro para não cometê-lo novamente, mas eu sei que um dia tudo se resolve e a vida trata, bem lá na frente de nos tornar bem melhores, sempre com aquelas pontinha de crianças dentro de nós.
Por isso sempre que me perguntarem quem sou eu direi que não sei, pois todos os dias temos uma criança dentro de mim que me faz ser uma eterna criança  mas com a responsabilidade de de ser mãe e adulta nas horas …

Vou chorar até não ter lágrimas!

Chorar não adianta, eu farto me de chorar e não passa. Vejo TV, falo ao telefone, grito, escrevo, brinco com os miúdos … nada adianta.
Eu sei, eu sei, o eterno clichê “isso passa”.  Mas não passa, a dança dia que passa tudo se torna mais intenso e doloroso, as saudades, os medos, a solidão, até a vontade de desistir .
 É triste saber que um dia vou ver passar por fases que faria tudo o sentido o ter ao meu lado, que apenas fazia sentido a dois, mas infelizmente serão apenas vividas  por mim, destruída por dentro pela sua ausência. 
É triste saber que já mais vou ouvir sua voz ou tocar no seu rosto e o resto do mundo não vai desaparecer, mas sim apenas ele desapareceu da minha vida. Mas o nosso amor não desapareceu, está cansado, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto, que será no céu no dia em que a minha missão aqui na terra estiver completa.
Enquanto esse dia não chega vou continuar a viver um dia de cada vez, continuarei a chorar po…

Não enganem as miúdas por favor!!!

Desde sempre que digo as miúdas que os príncipes encantados existem, mas não como nos livros e contos de fadas.
O verdadeiro príncipe encantado, na maioria das vezes, não tem um cavalo ou até mesmo um carro,ele vai até a tua casa a pé, só para te ver . O príncipe encantado não precisa ter roupas de marca, nem ser rico, cheio de terras e bens materiais,mas sim tem de te  tratar  bem, com respeito, sem te magoar. Tento sempre lhes ensinar que o príncipe deve ser gentil e te tratar com carinho. Que o verdadeiro príncipe é fiel, não trai, não fere o coração da princesa,porém, que encontrar um príncipe é muito difícil, que têm de ser uma boas meninas, que para isso deverão seguir todos os meus ensinos. 
Mas que nem sempre são prefeitos, que cometem erros, mas que aprendem, e que lutam por amor até ao fim, até ao último segundo da sua vida. 
E se elas me perguntarem se já conheci um príncipe, terei a felicidade de dizer que sim, um príncipe com defeitos, que fez coisas más mas acima de tudo me…

Está feito e pronto! Já não há espaço para arrendamentos!

Faz hoje um ano que fiz uma laqueação de trompas, que me tornou completamente infértil, com isso quero dizer que nunca mais poderei ser mãe. 
Quando olho para trás, não me arrependo de nada que fiz. Pois as decisões que tomei se apresentaram como as melhores naquela ocasião. Porém já houveram momentos em que me questionei se foi o melhor, pois a minha vida deu uma volta que eu não contava, e se um dia eu morder a língua e quiser ser novamente mãe? Será que aí o arrependimento me irá perseguir? Não sei e honestamente nem estou muito preocupada com isso.
Fiz porque tinha de ser feito, porque achei que era o melhor para mim, agora só o tempo dirá se foi a decisão certa.

O quarto dos miúdos, o grande projecto das nossas vidas!!!

Quer espere por um bebé quer ele já tenha crescido e se transformado numa criança imparável, vai ter que criar um novo quarto. Este post dar-lhe-á novas ideias para que o momento de transição se torne mais fácil.

Optar por um berço que se transforme em cama Algumas famílias ainda não conhecem esta opção económica: o berço que se transforma numa cama de solteiro ou numa mini cama. Alguns modelos vêm com um gavetão que também pode servir de escrivaninha ou mesinha de cabeceira. Não são os mais baratos do mercado, mas tendo em conta o que se poupa no futuro, trata-se de um bom investimento. A cama dos sonhos deles Apesar de encontrar no mercado mini camas, sugerimos antes que invista desde logo em camas de solteiro, pois o crescimento do seu filho (a) é inevitável. O quarto deve ser o mundo dos sonhos para a criança, e a cama o elemento-chave a convidá-la para aí desenvolver a sua imaginação. Armário, estantes, nichos e brinquedos Outro item que pode ser pensado desde a conceção do quarto, evi…

Minha querida Luana!

Luana tenho tentado te ensinar a ser forte na horas menos boas , mas muitas vezes a  fraca fui eu. 

Já me rendi ao medo e quase desisti de tudo, e até de ti, de nós. 

Eu sempre te mostrei o melhor caminho, mas sempre te deixei ser livre para escolher. 

Às vezes me culpo, pelos erros cometidos. 

Mas não tem como retroceder os ponteiros do relógio da vida. 
Eles não andam para trás, mas o erros nos fazem mais fortes. 

Eu sempre te disse o tamanho do meu amor por ti, pelos manos. É tento o fazer todos os dias, pois sei o quanto é importante para que vocês possam crescer em amor. 


Mas hoje senti que precisas ainda mais de mim, pois hoje vi que a ausência do pai te tornou mais carente, com mais fome de mimo e atenção. Por isso prometo que te darei ainda mais atenção, prometo estar sempre presente e acima de tudo prometo que estarei mais atenta e te darei sempre colo.

Desculpa filha se alguma vez te fiz duvidar do meu amor, mas por favor não duvides  pois és o melhor que a vida me deu!

Hoje passou dos limites!

Hoje enquanto o jantar estava a fazer fui tratando da papelada para amanhã ir fazer as matriculas dos miúdos, e dei conta que tinha de ir tirar umas fotocópias. Assim foi, jantamos e lá fomos nós, pedi um cáfe, entreguei os papéis e o Martim veio ter comigo e pede uma bola, ao qual lhe respondi que não.
E aí começou a festa, dês de gritos, a chorar e chamar me de má mãe, houve de tudo.
Paguei, peguei nele pela mão e vim até a casa com ele a gritar e a fazer uma birra  cheguei a casa e só lhe vesti o pijama e deitei o de castigo, então aí é que foi,ate pontapés as portas deu, ao ponto de me baterem a porta para perguntarem se estava tudo bem.
Agora dorme na cama dele para ver que comigo não faz farinha, para ter a certeza que sente que fez asneira e que não deve repetir.
Há fins do dia duros, hoje foi um deles!

Família

Família é algo essencial na vida de todos nós, porém muitas vezes não sabemos dar valor quando a temos ,não nos preocupamos em cultivar a relação, não nos lembramos que o amor deve ser regado como uma planta, que tem regada todos os dias, não basta quando está a morrer.
Por isso é importar passar tempo de qualidade com quem amamos, é importante verbalizar aquilo que sentimos  para que essas palavras sirvam de adubo, adubo esse que fará o amor crescer.
O tempo não trás aquilo que já passou, o que já partiu por isso não se esqueçam, de amar e de aproveitar cada minuto com a nossa família, família essa que vos faz crescer todos os dias.

Uma birra é muito, três é de mais!!

Hoje sem motivo aparente vinham os três muito revoltados da escola e rapidamente se instalou o caos, havia choro e gritos por todo o lado, estava cada um no seu canto a fazer a sua "fita", por momentos fiz de conta que não os ouvia, com esperança que aquilo acabasse sem a minha intervenção. Mas depois de uns dez minutos verifiquei que tinha mesmo de pôr um fim aquele ambiente, vá aquele ataque de mimo. Peguei nos três pela mão, pérguntei se tinham fome, se estavam doentes , se tinham caído, se alguém lhes tinha batido, se lhes tinha entrado areia para os olhos, honestamente comecei a fazer perguntas um pouco sem lógica, e no meio de alguns sorrisos iam me sempre respondendo que não as minhas perguntas.  Depois de verificar que afinal nada lhes faltava nem que estavam doentes , perguntei se eram malucos, pois apenas os malucos choravam e gritavam sem razão, riam-se e rapidamente me disseram que não eram malucos, então rapidamente levantei me e virei costas, continuei a fazer…

Agora olho para ela de outra forma!!!

Agora olho para ela de forma diferente, deixa me o meu coração disparado, a garganta seca e a mão gelada cada vez que vejo que já não é uma bebé, que o tempo passou e que se está a transformar numa adolescente. Vejo que faz de tudo para me ver sorrir quando vê que estou a cair e a minha vontade é chorar, faz loucuras da idade mas sempre com os pés na terra, o que me dá mais certezas ainda de que estou a criar um bom ser humano, alguém com valores,alguém que gosta de agarrar a vida, e de a fazer  valer a pena.
Agora olho para ela com orgulho,mas ainda com mais vontade de a ensinar a ser cada vez melhor, para que um dia tenha asas para voar sozinha, sem que caía, mas se cair eu estarei no ninho para a voltar a ter debaixo de asas para juntas voltarmos a voar.

Ai Martim #26

Esteve três dias fora, depois de beijos  e abraços veio-me com mais uma das dele:
- Sabes,hoje fui ao pai! Mas vim triste pois não levei um ramo de flores  assim ele não se vai lembrar que eu o amo e que tenho saudades.

Não respondi  dei-lhe um abraço, enquanto as lágrimas corriam pelo rosto e o coração dizia baixinho "ele nunca se esquecerá desse teu amor meu príncipe" ..

Cada vez mais tenho a certeza que este miúdo é de outro mundo, e que só veio para me transformar numa pessoa melhor.

Eu nunca quis ser mãe!!!

Hoje é o dia da mãe, um dia em que todas nós "mães" olhamos para o nosso caminho nesse papel tão importante, e pensamos no que ficou para trás, por isso eu achei que era o dia certo para assumir que eu nunca sonhei ou quis ser mãe.
É verdade, eu nunca quis ser mãe…. nunca, nunquinha.
E tive brigas e até o fim de uma relação a conta disso, não queria é jurava a pés juntos que não o iria ser.  E hoje, mãe de 3, olho para trás e sei bem porque eu não queria… Eu não queria falhar da mesma forma que a minha mãe falhou comigo (assunto para outro dia) !   Não me via a ser mãe de jeito nenhum…. Eu era, sem medo de dizer, uma adolescente traumatizada, com falta de amor, com muita bagagem e tinha medos. Tinha certezas que nunca conseguiria ser boa mãe.  Mas… (e na vida tudo tem um MASSSS) o mundo dá voltas e a gente cresce, e amadurece, e muda de opinião! Ainda bem! Comecei a namorar com o  Luís e rapidamente mudei de opinião, ainda bem.  Hoje, bem… hoje não me imagino NÃO sendo mãe! Mãe dos…

Ai Martim #25

Hoje de manhã acordei com os miúdos na cozinha a tomarem o pequeno almoço.

Eu: - Mas que se passa aqui?
Martim : - Surpresa mamã, já sou um marido, já fiz o pequeno almoço as manas.
Eu: - Luana quem aqueceu o leite?
Martim : Ninguém, as vacas já dão o leite quentinho!!!

Juro que não tenho nenhuma vaca cá em casa, é que todo o leite vem em pacotes, comprado no supermercado.

Hoje não fiz nada! Nada nadinha!

Apesar do tempo bom que se fez sentir hoje resolvemos não sair de casa, para que fosse um dia de pleno descanso. Não tiramos os pijamas, não andamos a seguir horário, nem rotinas. Comemos quando tivemos fome, dormimos quando o sono chegou, tudo sem regras.
Eles brincaram, viram televisão,quanto eu tirava partido da minha cama e da minha televisão (coisa que é rara). Houve pipocas, bolos e bolachas mas ao mesmo tempo a sopa é o frango assado não não faltou,também não podia ser só asneiras.  Foi um dia em cheio, onde o amor é a alegria reinou.  Agora já dormem, felizes e cansados de tanta brincadeira, já eu sinto-me com forças renovadas para mais uns dias. 

As vezes é preciso parar!!!

Às vezes é preciso parar, desacelerar, descansar, ganhar forças. 
Ficar no nosso canto, no nosso ponto de abrigo, onde tudo nos faz sentir em paz, onde tudo reflecte aquilo que somos. É preciso ficar para o nada, para o tecto branco, para o nosso espaço . Ficar assim, sem fazer nada, sem pensar no ontem, nem no depois, e se possível, nem no agora.
É necessário respirar bem fundo e lentamente, perceber que tudo tem o seu tempo, o seu ritmo, sem presas nem pressões. E irá haver momento que devemos parar, pensar para que as coisas continuem a evoluir de forma mais simples.

Eu hoje parei, no meu canto, no meu ponto de abrigo para que as forças nunca me falhem, para que seja feliz.

Ai Martim #24

Enquanto eu visto o pijama :

Martim : - Mãe anda para a cama, vamos fazer amor?
Eu: - Como é que se faz isso?
Martim : - Ohhh mãe por favor, fazer amor é fácil, é dar beijinhos e dizer que te amo.

São estas pequenas coisas que fazem os dias valer a pena, são elas que me dão força para percorrer o meu caminho, por mais que ele seja seja de altos e baixos.

Mãe hoje estás calminha!!

Hoje durante o jantar a Inês, questionei eu estar calma e pensativa, ao qual respondi que estava cansada,  rapidamente ajudaram a arrumar a cozinha e já está tudo deitado.
É tão gratificante ver que os miúdos se preocupam comigo, e com aqueles que os rodeiam, fico com a certeza de que todo o meu trabalho é esforço está a valer a pena.
Agora vou descansar, pois ando completamente morta de sono.