Avançar para o conteúdo principal

Medicar ou não medicar


Hoje vim falar de um assunto que tira o sono a muitas mães, medicar ou não um filho com necessidades especiais.
De um lado, estão os psiquiatras que são a favor de medicar as crianças com Transtorno de Atenção e Hiperatividade. Do outro, os psicólogos que acham que não se deve tratar com medicamentos e sim com terapia.  Nos pais ficamos no meio da questão, cheios de duvidas.
Há estudos alertaram que esses transtornos, assim como o autismo, aumentaram na população infantil e merecem ser mais bem estudados e observados pelos pediatras.
Existem casos que a medicação é claramente exigida, assim como existem situações das quais ela não é indicada. Contudo, há impasses em que não é tão fácil decidir. Nesses casos, recomendamos uma consulta com um neuropediatra com experiência e uma equipe multidisciplinar para realizar testes e exames que possam assegurar o melhor procedimento.
No caso do Martim não havia outra saída, pois como já expliquei o tim não dormia nem estava a desenvolver,por falta de descanso e de atenção.
A medicação para ele foi a chave para que as coisas começasse a melhorar. Mas cada vez mais há  falsos Hiperatictivos e que tomam medicação que não os esta a ajudar em nada.
O diagnóstico tem de ser bem feito, por profissionais competentes e preparados, é essencial para a boa indicação do tratamento com base em medicamentos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta a senhora que chamou o meu filho de atrasado mental!

Olá. Sei que não nos conhecemos bem, mas o meu filho Martim chamou a sua atenção enquanto saltava entre as cadeiras e falava alto . Eu reparei que ficou a olhar de lado e até o chamou de mal educado.
Eu também sei que fez tudo para que me senti se mal, até chegar ao ponto de me chamar de má mãe e o meu filho de atrasado mental.
Eu quero que saiba que as suas palavras e os seus olhares não me afectaram e na verdade até me dão mais força.

Na verdade eu até a entendo pois é tão bonito ver uma sala de um serviço de psiquiatria com meninos completamente drogados encostados as mães, sim pelo menos há silêncio para continuar a ler a sua revista sem  ser incomodada.

Lamento não ter perdido dois minutos para entender que o que estava ali a passar com o meu filho seria porque ele tem algum problema, tal vez por medo ou até por vergonha mas devia o ter feito.

Mas eu explico lhe agora o Martim é hiperativo e sim também tem um atraso de desenvolvimento que lhe afecta a fala mas não é por isso que …

Sandrinha Clothes passatempo

Desta vez a pagina juntou se a Sandrinha Clothes para vos mimar.


Temos para vos oferecer um conjunto mãe e filha/o. Um conjunto lindo para estes dias de Outono. 

Para participar é muito simples basta:

Gostar da pagina Mãe por um fio https://www.facebook.com/maeporumfio/

Gostar da página Sandrinha Clothes
https://www.facebook.com/SandrinhaClothes/

Seguir o blog maeporumfio.blogspot.pt

Partilhar a publicação do Facebook e comentar identificado dois amigos.

Podem participar uma vez por dia ate ao dia 5 de Novembro.

Boa sorte!!

A alimentação de um asperger

Normalmente alimentar uma criança com asperger é mais luta diária que nós pais enfrentamos, pois geralmente têm dificuldade quando se trata de comer uma variedade de alimentos. Texturas e cheiros desempenham um papel importante devido a questões sensoriais que experimentam. Além disso, ter muitas opções vai contra o que é confortável para essas crianças. Encontrar um equilíbrio é complicado e trabalhoso.
E normalmente tem problemas sensoriais que podem impedi-lo de registrar os sentimentos de fome, por isso nunca se pode contar com a fome do deles para motivá-los a comer.
As  tentativas de alterar a dieta, abitos ou objectos das refeições têm de se fazer com muita calma. O sucesso pode vir lentamente, mas o objetivo final é melhorar a alimentação e não abrir mais um guerra. Cada pequena vitória lhe trará um passo mais perto do resultado desejado.

O Martim em relação a alimentos novos não tem grandes problemas mas sim com os objetos para a mesma. .
Queria sempre comer no mesmo prato e …