Avançar para o conteúdo principal

O que o um Autista deve/não deve comer!



A semana passada o Martim foi a uma nutricionista, não por estar com peso a cima da média mas sim pois recomendaram me mudar a alimentação. Pois as crianças com autismo/Asperger e hiperativade devem ter uma alimentação com muitos cuidados. 


Pois isso resolvi partilhar com vocês as dicas dadas . 

O que o Autista deve comer:

Alimentos ricos em ómega 3 como sardinhas, salmão,cavala,nozes, amêndoas, avelãs,cajus, pinhões, sementes de linhaça, sementes de abril, semestre de chia;

Alimentos ricos em antioxidantes,como frutas e legumes.

É importante que a alimentação da criança seja anti-inflamatoria e,por isso ómega 3 e os antioxidantes são fundamentais.
Além disso,deve-se também preferir carnes magras e cereais integrais.

O que o autista não deve comer:

Alimentos industrializados e não orgânicos,pois contribuem para aumento a toxicidade no organismo;

Alimentos com corantes alimentares pois estão associados a alteração do comportamento e a hiperatividade das crianças;

Alimentos com trigo,cevada,centeio e aveia,pois a dieta sem glúten pode ajudar a reduzir os sintomas;

Leite e seus derivados,pois a criança autista  pode ter benefícios com uma dieta sem caseína!

Como esta dieta é muito específica é importante o acompanhamento de um nutricionista.



Podem nós acompanhar através do  Facebook e no Instagram




Comentários

  1. Curioso, nunca o neurologista pediátrico nem a terapeuta me disseram isso, mesmo quando questionados.

    ResponderEliminar
  2. A dieta sem glúten, leite de origem animal e soja (a soja por ser um alimento altamente processado é também desaconselhada) pode ser benéfica nalguns casos de autismo, há estudos que comprovam ligação de problemas intestinais com alguns casos de autismo, parece-me talvez demasiado generalizar "O autista deve/não deve".
    O meu filho segue essa dieta por ter revelado intolerância ao glúten e à lactose mas julgo que o aconselhamento deve ser feito não só pela nutricionista mas também pelos médicos/pediatras que seguem a criança.
    Afirmo que no nosso caso, os comportamentos dele se alteraram para melhor ao fim de 2/3 meses, poderá no entanto ter a ver com o facto de ter deixado de ter diarreias constantes e cólicas intestinais e não com uma causa neurológica. Mais uma vez digo, que acredito que a dieta pode ser benéfica mas nada como um bom aconselhamento médico.

    ResponderEliminar
  3. Essa dieta é a mais saudável, não só para autistas como para todas as outras pessoas, doentes ou não. Parabéns por esse passo e coragem para mudar! Beijnho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Queridos leitores!

Queridos leitores
Infelizmente, estou a passar uma das piores provações que uma mãe e mulher pode passar.
Perdi o meu Amor, e os meus filhos perderam o pai.
Não sei quando retomarei a atividade normal do blogue. Peço desculpa a todas as marcas que me apoiam, a todas as pessoas que me seguem, mas este, para além de um momento de profunda dor, é um momento de muita luta. Nunca fui rica, no entanto, neste momento sou a única fonte de rendimento dos meus filhos. O trabalho, a burocracia relativas ao acidente do meu amor e os meus filhos têm me ocupado todo o meu tempo.
Peço que agora, mais que nunca, não deixem de acreditar em mim. Quero muito voltar, mas ainda não estou preparada.
Com amor,
Mónica

Perdi.....

Mais um vez fui posta a prova,mas desta vez o desafio supera todas as minhas forças. Perdi o meu amor,o meu grande amor,o pai dos meus filhos, o homem a quem prometi ser a melhor mãe do mundo.
Perdi tudo!
Não fui avisada nem tive tempo de me despedir, foi tudo rápido de mais.
Sem qualquer tipo de preparação fiquei sem chão, e honestamente não sei se estarei a altura deste desafio.
É dos sentimentos mais cruéis e duros que já senti na vida!
Só queria acordar e constatar que isto não passava de um pesadelo e que o meu amor estava vivo.
Mas infelizmente isso não irá acontecer,terei de arranjar forças vindas não sei de onde e continuar a vida.
Se será fácil? Não, claro que não nas terei de o ser pelos meus filhos  .
E não ne venham dizer que passa pois nunca irá passar,passava se fosse uma dor de barriga, mas não o é!!!
Perdi o meu amor, o meu grande amor!!!

Alguma vez pensou como são escolhidas as mães de meninos especiais???

Recebi hoje um e-mail de uma leitora. Quando o li emocionei-me e pensei em todas as mães "especiais". Obrigada pela partilha! Tinha de o  partilhar convosco.
Este texto é para todas nós.

“Alguma vez pensou como Deus escolhe as mães das crianças especiais?

Eu já… Uma vez vi Deus a pairar sobre a Terra, selecionando o seu instrumento de propagação com grande carinho (…). Enquanto observava, instruía os seus Anjos a tomarem nota num grande livro:

– Para a Beth, um menino. Anjo da Guarda, Matheus.

– Para a Miriam, uma menina. Anjo da Guarda, Cecília.

– Para a Regina, gêmeos. Anjo da Guarda Geraldo, ele já está habituado. Finalmente, Ele passa um nome para o Anjo, sorri e diz:

– Dê a esta mãe uma criança deficiente. O Anjo, cheio de curiosidade, pergunta:

– Porquê ela, Senhor? Ela é tão alegre!

– Exatamente por isso, diz Ele. Como poderia eu dar uma criança a uma mãe que não sabe o valor de um sorriso? Seria cruel…

– Mas será que ela vai ter paciência?

– Eu não quero que ela tenh…