Avançar para o conteúdo principal

Que situacao complicada...

Na segunda enquanto estava no hospital com a Luana vi uma situação que me deixou revoltada e tinha mesmo de partilhar com vocês.

Deviam ser nove e meia e entra uma enfermeira com um menino de treze anos.
Deu lhe um iogurte e umas bolachas e o miúdo ficou ali sentado fazendo se acompanhar apenas de um telemóvel (daqueles todos xpto). A dada altura eu e outra mãe comentamos que era estranho não estar ali solzinho e resolvemos perguntar lhe pela mãe,ao qual nos foi dito que a mãe tinha ido para casa pois tinha mais que fazer.

Juro que aquilo me congelou mas que podia eu fazer?

Uma hora e nada de mãe.
Duas horas e nada de mãe.

Mas como e que aquela mãe conseguia depositar ali o filho como se faz com a roupa da lavandaria? Não estava mesmo a entender.
Depois da história passar de mãe em mãe chegou a uma enfermeira que a chamou.
Passados uns dez minutos chegou a senhora,toda inpinocada e muito senhora do seu nariz.

Aquele miudo mudou logo de cor,os olhos refletido medo e angustia e respondia sem palavras que aqueles hematomas eram de violência.

Não se via amor de mãe e tenho quase a certeza que não ha uma ponta do mesmo.
Pelo que sei as autoridades foram chamadas e espero que o pequeno fique bem.

Ainda me pregunto como se consegue fazer mal a um filho?
Como se consegue deixa lo seis horas sozinho num hospital?

Fico tão revoltada com estas coisas...

Tantas mulheres que não podem ser mães e depois as que podem fazem isto.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta a senhora que chamou o meu filho de atrasado mental!

Olá. Sei que não nos conhecemos bem, mas o meu filho Martim chamou a sua atenção enquanto saltava entre as cadeiras e falava alto . Eu reparei que ficou a olhar de lado e até o chamou de mal educado.
Eu também sei que fez tudo para que me senti se mal, até chegar ao ponto de me chamar de má mãe e o meu filho de atrasado mental.
Eu quero que saiba que as suas palavras e os seus olhares não me afectaram e na verdade até me dão mais força.

Na verdade eu até a entendo pois é tão bonito ver uma sala de um serviço de psiquiatria com meninos completamente drogados encostados as mães, sim pelo menos há silêncio para continuar a ler a sua revista sem  ser incomodada.

Lamento não ter perdido dois minutos para entender que o que estava ali a passar com o meu filho seria porque ele tem algum problema, tal vez por medo ou até por vergonha mas devia o ter feito.

Mas eu explico lhe agora o Martim é hiperativo e sim também tem um atraso de desenvolvimento que lhe afecta a fala mas não é por isso que …

Sandrinha Clothes passatempo

Desta vez a pagina juntou se a Sandrinha Clothes para vos mimar.


Temos para vos oferecer um conjunto mãe e filha/o. Um conjunto lindo para estes dias de Outono. 

Para participar é muito simples basta:

Gostar da pagina Mãe por um fio https://www.facebook.com/maeporumfio/

Gostar da página Sandrinha Clothes
https://www.facebook.com/SandrinhaClothes/

Seguir o blog maeporumfio.blogspot.pt

Partilhar a publicação do Facebook e comentar identificado dois amigos.

Podem participar uma vez por dia ate ao dia 5 de Novembro.

Boa sorte!!

A alimentação de um asperger

Normalmente alimentar uma criança com asperger é mais luta diária que nós pais enfrentamos, pois geralmente têm dificuldade quando se trata de comer uma variedade de alimentos. Texturas e cheiros desempenham um papel importante devido a questões sensoriais que experimentam. Além disso, ter muitas opções vai contra o que é confortável para essas crianças. Encontrar um equilíbrio é complicado e trabalhoso.
E normalmente tem problemas sensoriais que podem impedi-lo de registrar os sentimentos de fome, por isso nunca se pode contar com a fome do deles para motivá-los a comer.
As  tentativas de alterar a dieta, abitos ou objectos das refeições têm de se fazer com muita calma. O sucesso pode vir lentamente, mas o objetivo final é melhorar a alimentação e não abrir mais um guerra. Cada pequena vitória lhe trará um passo mais perto do resultado desejado.

O Martim em relação a alimentos novos não tem grandes problemas mas sim com os objetos para a mesma. .
Queria sempre comer no mesmo prato e …