Avançar para o conteúdo principal

A relação entre irmãos, quando um deles é especial.

Tenho quatro irmãos e nunca pensei em apenas ter apenas um filho.
Na verdade, seis filhos era o meu sonho. Então ainda faltam mais três (!!!).

Sempre me preocupei com a questão de como eles iriam se portar em relação a dividir coisas, atenção e espaço. Achei que a dificuldade maior seria com a Luana pois passou de filha única a irmã mais velha.
Assim que o irmão nasceu  elas mostram nos que tudo não passava de coisas da nossa cabeça pois receberam o irmão com muito amor e carinho.

Claro que nem sempre foi fácil mas nada a comparar com muitos relatos de pais que estão com uma séria dificuldade para equilibrar essa situação em casa e acabam se desesperando com o comportamento do filho mais velho, que pode variar de manha, birras e ataques de nervosismo a alterações mais sérias, emocionais e físicas.
Aqui em casa, percebi que o fato deles dividirem os espaços, os brinquedos, a TV, os livros e até os armários de roupas, fez com que eles entendessem que é tudo de todos. Não tem essa coisa do é Meu. Eles dividem tudo. Independente de sexo e cor. A única limitação é a idade. Pelo menos por enquanto.

É claro que a medida que eles forem crescendo, vamos ensinando que é preciso respeitar o espaço um do outro e pretendo, inclusive, separá-los de quarto futuramente, mas por questão de privacidade, apenas.

Nunca disputaram atenção apenas brinquedos e o comando da tv, de resto até é pacífico.

E elas são as próprias a entender que o irmão precisa mais da "Mãe" e elas mesmas lhe dão muito mimo e atenção.

E tenho aprendido que além de paciência e amor, é necessário utilizar algumas estratégias.

E sinto que tenho feito um trabalho muito bom. .  E é notório! !




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Carta a senhora que chamou o meu filho de atrasado mental!

Olá. Sei que não nos conhecemos bem, mas o meu filho Martim chamou a sua atenção enquanto saltava entre as cadeiras e falava alto . Eu reparei que ficou a olhar de lado e até o chamou de mal educado.
Eu também sei que fez tudo para que me senti se mal, até chegar ao ponto de me chamar de má mãe e o meu filho de atrasado mental.
Eu quero que saiba que as suas palavras e os seus olhares não me afectaram e na verdade até me dão mais força.

Na verdade eu até a entendo pois é tão bonito ver uma sala de um serviço de psiquiatria com meninos completamente drogados encostados as mães, sim pelo menos há silêncio para continuar a ler a sua revista sem  ser incomodada.

Lamento não ter perdido dois minutos para entender que o que estava ali a passar com o meu filho seria porque ele tem algum problema, tal vez por medo ou até por vergonha mas devia o ter feito.

Mas eu explico lhe agora o Martim é hiperativo e sim também tem um atraso de desenvolvimento que lhe afecta a fala mas não é por isso que …

Sandrinha Clothes passatempo

Desta vez a pagina juntou se a Sandrinha Clothes para vos mimar.


Temos para vos oferecer um conjunto mãe e filha/o. Um conjunto lindo para estes dias de Outono. 

Para participar é muito simples basta:

Gostar da pagina Mãe por um fio https://www.facebook.com/maeporumfio/

Gostar da página Sandrinha Clothes
https://www.facebook.com/SandrinhaClothes/

Seguir o blog maeporumfio.blogspot.pt

Partilhar a publicação do Facebook e comentar identificado dois amigos.

Podem participar uma vez por dia ate ao dia 5 de Novembro.

Boa sorte!!

A alimentação de um asperger

Normalmente alimentar uma criança com asperger é mais luta diária que nós pais enfrentamos, pois geralmente têm dificuldade quando se trata de comer uma variedade de alimentos. Texturas e cheiros desempenham um papel importante devido a questões sensoriais que experimentam. Além disso, ter muitas opções vai contra o que é confortável para essas crianças. Encontrar um equilíbrio é complicado e trabalhoso.
E normalmente tem problemas sensoriais que podem impedi-lo de registrar os sentimentos de fome, por isso nunca se pode contar com a fome do deles para motivá-los a comer.
As  tentativas de alterar a dieta, abitos ou objectos das refeições têm de se fazer com muita calma. O sucesso pode vir lentamente, mas o objetivo final é melhorar a alimentação e não abrir mais um guerra. Cada pequena vitória lhe trará um passo mais perto do resultado desejado.

O Martim em relação a alimentos novos não tem grandes problemas mas sim com os objetos para a mesma. .
Queria sempre comer no mesmo prato e …