Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2016

Virei tudo de penas para o ar

Cá por casa é muita organização da roupa dos miudos pois quero que andem sempre impecáveis, sei que as vezes não é fácil mas tendo.  Hoje tirei a tarde para virar a roupa de pernas para o ar e meter a roupa de Outono nos armários.  Depois de duas horas fiquei a entender que o meu filho crescer a olhos vistos e que ou abro os cordões a bolsa ou vai de cuecas para a escola. 
A Maria ainda veste o 4 anos, tem roupa que ja veste a uns 3anos.  Esta rapariga só visto, esta uma minorca. 
A luana esta normal e a roupa mais dando ate ela estragar, ate as calças ficam sem cor. 
Depois de uns 4 sacos de lixo cheios para dar e uns armários mais arrumados para mais roupa nova. 


Sou a pior mãe do mundo!!!

Sim é verdade, a minha filha mais velha está a crescer e eu não tenho dado conta.
Não lhe tenho dado a atenção devida e ainda penso que tenho dado quando tenho falhado redondamente.
Foco me tanto no trabalho, casa e na saúde do Martim que me esqueço que a Luana esta numa fase que precisa tanto de mim.
Não o faço por mal nem com intenção mas tenho de começar a mudar isso.
Sou má mãe e tenho de mudar isso pois estou a perder os melhores anos da vida da vida da minha filha, a idade da inocência.  Inocência essa que mesmo eu errando tanto para ela sou a melhor mãe do mundo e nunca me ter cobrado nada.
Isto de ser mãe de 3 filhos não é fácil mas ser filha mais velha também não.

Acordei transformada em Fiona...

Na quarta acordei parecida com a fiona, vá pior.  Cara inchada, boca toda arrebentada e com um mau estar horrível.  Não me lembro de comer nada diferente mas parece me que não há dúvidas que deve ser uma reacção por contaminação.  Isto é, nao consumi nada com leite ou vestígios mas algum alimento esteve em contacto com leite.  Isto pode acontecer na fábrica de fabrico, no supermercado,na pastelaria ou até em casa.  Já estou a atarax, que me da um sono horrível. Apartir de agora terei mais cuidado...

Alergia ou intolerância?

A alérgia a lactose e a intolerância são frequentemente confundidas pelo fato de ter um alimento causador em comum: o leite, mas são bem diferentes entre si e ambas necessitam de acompanhamento médico e nutricional.
A Intolerância à lactose ocorre porque o organismo não produz ou produz pouca quantidade da enzima lactase, responsável pela digestão da lactose. A falta dessa enzima favorece o acúmulo da lactose no intestino, onde atrai água, ocorre fermentação por bactérias, provocando diarréia, gases, cólicas e distensão abdominal. Pode ser genética ou surgir em outras situações, como após quimioterapia, radioterapia, doenças gastrintestinais, entre outras. Neste segundo caso pode ser transitória ou não. Geralmente quando persiste, tende a piorar com a idade.
A Alergia ao leite de vaca ou alergia à proteína do leite, como é conhecida por muitos ocorre pela presença de algumas proteínas do leite que são identificadas pelo nosso sistema imunológico como um agente agressor, desencadeando …

Esta história pode acabar muito mal!!

Hoje enquanto estava a ver um grupo sobre síndrome de asperger encontrei uma publicação que me fez pensar.

"Seus pais demonstram amor por vocês ou os tratam como se fossem um tipo de estorvo para a vida deles? Sinceramente meus pais já chegaram a dizer que eu sou uma decepção para eles."

Quando resolvemos ter  um filho não sabemos o que nos espera mas sabemos que o temos de lhe garantir o minimo para viver com dignidade, amar, respeitar, proteger, cuidar e dar educação.
Mas depois há quem se esqueça de que. os filhos não são perfeitos(aos nossos olhos deviam ser sempre).
 Quando nos deparamos com um filho diferente temos de ganhar defesas contra os outros e contra nós próprios para que não deixemos que nos saia estas pérolas.  Pois a nos pode não ser nada mas nos miudos é muito grave, por mais que se esteja cansado não se diz a um filho que é um fardo.  E pode acabar muito mal como um suicídio que infelizmente cada vez mais acontece.
Espero que estes pais não tenham nenhum d…

TDAH- A história

Sou daqueles mães curiosas que pesquisa tudo, seja um problema de saúde ou até comportamentos.
As vezes até é mau nem tudo o que lemos é verdade e ficamos assustados sem razão.
Nas minhas pesquisas sobre o TDAH encontrei a sua história e hoje vou partilhar com vocês a seguinte página :
- http://psicoedu.com.br/historia-origem-do-tdah/

Adorei o artigo e tinha de partilhar..  Espero que gostem.

Passatempo- Feltros-klau xana

Como os meus seguidores são os melhores do mundo juntamente com a pagina Feltros-klau Xana tenho um livro didáctico para os mais novos.
Um livro cheio de actividades para desenvolver a motricidade fina e ampliar conhecimentos.  



É muito simples ganhar!  É só seguir: - Fazer GOSTO na pagina da Feltros-Klau xana-https://maeporumfio.blogspot.pt/2016/09/maos-de-fada-felpos-klau-xana.html?m=1 -Fazer GOSTO na página da Mãe por um fio- https://m.facebook.com/maeporumfio/?ref=bookmarks - Seguir a pagina Mãe por um fio  - Partilhar e comentar(identificado 2 amigos) o post do Facebook do passatempo. 
O passatempo termina no dia 15 de Outubro pelas 22 horas.  Cada pessoa pode participar um vez por dia. 
Boa sorte a todos!

Mãos de fada- Feltros-klau xana

Há gente com mãos maravilhosas e que fazem trabalhos magnificos,com alma e amor.  Hoje apresento uma página onde cada peça é feita com todo o amor e dedicação.
Feltro-Klau Xana uma página que nos deixa sem palavras, trabalhos em feltro, pintura em tecido, quadros, entre outras coisas dedicadas ao mundo infantil. Tudo tão perfeito e com tantos pormenores.  Eu fiquei rendida! 





A pagina é a seguinte:  https://m.facebook.com/Feltro-Klau-Xana-558537530909757/
Visitem a pagina e acredito que vão ficar rendidos!! 
E fiquem atentos que ainda hoje sai um passatempo em parceria com a pagina!

A mãe tambem fica doente!

Mãe também fica doente ! E não podia! Mãe tem que cuidar dos filhos, dar toda a atenção diária para não haver mudança de rotina , tem um trabalho onde tem de dar o seu melhor e precisa muito de sua saúde 100% mas acontece que as mães ficam doentes! É uma tristeza enorme ficar doente com tanta coisa para tratar , arrumar e fazer! E quando a mãe e o filho ficam doentes juntos? Ai o coração que já se sentia mal por estar doente e não dar tudo de si, agora precisa cuidar  e mimar o pequeno pequeno para que ele melhore logo.
Mãe infelizmente fica doente e nada pode ser feito para contrariar isso...

Doi me o coração

Hoje a carrinha da escola chegou,fui recebida de forma diferente. Normalmente sou recebida com gritos de alegria mas hoje foram trocados por choro e por um corpo quente de tanta febre(por sinal era o meu filho) . Deitei o na cama e ali ficou sem reclamar.  Consegui dar-lhe um pouco de sopa entre ataques de choro.
Diz que não lhe doi nada mas a mim doi me tudo por o ver assim..
Parece que por estes lados o fim de semana ira ser de muita cama e miminhos..

Bem-vindo outono mas não era necessário começares ja a fazer das tuas!!

EEG, finalmente o resultado!

Andava em pulgas por ter o resultado do EEG do Martim.
Todos os dias corria para o correio na esperança que chegasse e hoje foi o grande dia.
Aquele envelope estava na minha mão finalmente mas faltava coragem de o abrir.
Senti tanto medo, tanto frio na barriga mas depois de o abrir tudo passou.
O resultado veio negativo!
O Martim não tem nada a nível cerebral(era o meu grande medo).

Sinto uma alívio mas ao mesmo tempo sinto que voltamos a estaca 0 para a descoberta do problema do Martim.
Deixo o relatório. Esta tudo bem não está?  Estou tão feliz!!

Socorro tenho medos!!

Depois de ser mãe , passei a viver cheia de  medos até então desconhecidos ou nunca antes pensados.

Os meus filhos nasceram e com eles nasceram medos.

Um dos primeiros foi o medo de morrer… não por mim, não pela dor física da morte, mas pela dor de deixar alguem que depende de mim…Nunca tinha tido medo  de morrer, hoje eu tenho pânico.

E o medo de perder? Esse então me aterroriza. Não me consigo imaginar perder um filho.


Que mãe não tem o medo de falhar? Comigo não foi diferente. Sempre, desde o dia que eles nasceram que quero ser a Mãe perfeita, mas descobri que nunca vou sê-lo e quando passei a saber lidar com a imperfeição, comecei a ter medo das consequências dos meus erros causados por ela.

Como educar é difícil…ficamos o tempo questionando, perguntando se a educação que estamos a dar é a melhor. Duvidas, e mais duvidas, e todas elas são culpa do medo de falhar.

Como é complexo viver quando se é mãe. É como se fossem dois seres vivendo num só.

Somos mães mais que uma vez  mas o i…

Na hora da birra!

Tem coisa mais irritante que estarmos a tentar acalmar o nosso filho que está a fazer uma birra e ter alguém a dar palpites. Hoje deixo 10 coisas que não se deve dizer a uma mãe quando o filho faz uma birra!!

1) AH SE FOSSE MEU FILHO!

Se fosse seu filho estaria calada porque saberia que nesse momento tudo o que não precisamos ouvir é sermão.

2) ISSO É FALTA DE UMA BOA PALMADA

E se intrometer na educação dos filhos dos outros é o que? Se boa educação fosse sinônimo de violência certamente lhe faltaram muitas palmadas.

3) TAMBÉM FAZ SEMPRE TODAS AS VONTADES DELE, NÃO ESTÁ ACOSTUMADO A SER CONTRARIADO!

Ah como sabe se faço todas as vontades dele? Pelo que eu saiba, uma boa educação vem de limites, ensinamentos e também de não se intrometer nem julgar a vida alheia.

4) SE EU FOSSE VOCÊ EVITARIA SAIR COM ELE DE CASA ENQUANTO NÃO APRENDER A SE COMPORTAR MELHOR!

E se eu fosse você só sairia de casa quando aprendesse a conviver melhor com as pessoas, especialmente as crianças, que não sabem p…

Musicoterapia

Outro dia falaram me de musicoterapia.  Pareceu me interessante . 
Sabem em que consiste? 
A musicoterapia é a mistura de sons, ritmos, harmonias e melodias no processo de aprendizado, comunicação, relacionamento e criatividade. Crianças que sofrem de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDA/H), cujo principal sintoma é a dificuldade de ficar quieto e focar a atenção, podem experimentar a musicoterapia, como coadjuvante no tratamento do transtorno.
A música fornece um ambiente motivador, estimula os hemisférios do cérebro a trabalharem juntos para processar os estímulos auditivos; a atividade mental envolvida facilita o funcionamento cognitivo, favorecendo crianças com dificuldades de aprendizagem.
A musicoterapia trabalha além da concentração, organização, tranquilidade e autoestima, o domínio da atividade motora através das atividades musicais, pois todas envolvem o corpo. Oferece maior autonomia e segurança, além de aumentar a qualidade de vida. Tornando assim uma cr…

Hiperatividade e omega3

Quando me deparei com o diagnóstico do Martim de hiperativo que andei feita barata tonta a procura de respostas e tratamentos.
A pediatra recomendou dar-lhe ómega 3(como ja vos contei noutro post).
E graças a deus os resultados têm sido muito positivos.
Por isso mesmo resolvi partilhar com vocês a informação que me foi dada pela pediatra, para que vos ajude tambem a vocês. 

"Déficit de atenção/hiperatividade (ADHD) e omega3:

Crianças com déficit de atenção/hiperatividade (ADHD) podem ter baixos níveis de ácidos graxos essenciais (incluindo EPA e DHA) no organismo. Estudos com aproximadamente 100 meninos mostraram que aqueles com níveis mais baixos de ômega-3, apresentaram mais problemas de aprendizado e comportamento (como temperamento variável e distúrbios do sono), do que meninos com níveis normais de ômega-3. Em estudos animais, baixos níveis de ômega-3 mostraram uma concentração mais baixa de certos neuroreceptores cerebrais (como a dopamina e a serotonina) relacionados com a…

Do sonho à realidade!!

Sempre sonhei com a casa perfeita tipo de novela, sempre limpa e imaculada.
Mas a realidade é diferente,tenho uma casa que é o reflexo do meu dia a dia e do meu papel de mãe.

Sempre fui um pouco desorganizada, como trabalho, percebi que a desorganização estava tirando horas do meu dia. Pois é, eu sou uma mãe desorganizada (nem tudo muda com a chegada de um filho); não consigo organizar papeis, não consigo manter meu armário arrumado por mais do que quinze dias. Um dia, depois de perder meus dez minutos diários procurando os óculos antes de sair de casa, depois de já ter andado até a esquina e voltado,decidi que estava na hora de mudar.

Falta de organização é sinônimo de falta de tempo. E eu gosto e quero ter tempo para mim e para eles. Desde então estou tentando colocar um pouco de ordem na vida.  O mais importante é resolver pequenas coisas a vez, achava que era preciso um dia inteiro, armários novos e caixas incríveis, mas na verdade, pequenas mudanças diárias são bem eficientes.
Eu…

Hiperatividade ou falta de educação

As criança nos primeiros anos de vida tem um mundo para ser descoberto e é incapaz de permanecer muito tempo em uma única atividade e isso não é problema nenhum. De acordo com o amadurecimento do sistema nervoso central, aos poucos a criança consegue melhorar sua capacidade de concentração e conseguir se dedicar a tarefas mais longas, isso acontece lá pelos 5-6 anos de idade e como todo processo de desenvolvimento, cada criança tem o seu ritmo!

Nem toda criança agitada e impulsiva é hiperativa. Infelizmente há mais falsos hiperativos.
Uma criança mais rebelde ou até mesmo desinteressado e já é hiperativo. Vai se a um médico e entopem a criança com medicamentos para "acalmar".


Também está havendo uma confusão muito grande entre ser hiperativo e ser mal-educado. Muitos pais preferem fugir das regras e limites e simplesmente rotular como hiperativo!

O diagnóstico ter de ser feito por medicos e não por nós pais, nem a hiperatividade é desculpa para falta fe educação e limites.

H…

Ser mãe doi...

Hoje vim partilhar com vocês um pequeno texto que define tão bem o que é ser mãe..  Ser mãe Ser mãe dói. Dói quando o...
Ser mãe
Ser mãe dói.
Dói quando o filho nasce e ela se pergunta como vai saber educar. Dói quando, tendo o futuro todo pela frente, ela se sente perdida, como se o mundo não tivesse continuação. Dói quando filho chora de noite e ela não sabe bem como acalmá-lo. Ela aprende, então, a interpretar cada choro pra entender seu bebê.
Ser mãe dói quando filho fica doente e ela quer trocar de lugar com ele e não pode. Dói quando ela não sabe o que fazer.
Ser mãe dói quando filho não quer começar a escola e ela precisa fazer um esforço sobrenatural para não chorar e deixá-lo começar a vida de gente grande. Ela chora escondido depois. Mas dói também, quando, deixando o filho na escola, ele dá um sorriso e diz adeus. Dói sentir que ele desprega-se, solta-se, torna-se independente. Como dói!!!
Ser mãe dói quando filho tem problemas na escola e ela precisa ouvir com naturalid…

Electroencefalograma - a experiência

Hoje foi dia de ir fazer o Electroencefalograma e espero que nunca mais tenha de o fazer pois a experiência não foi a melhor.

A hora marcada lá estavamos nós, ele cheio de sono, sem risperidona, um calor infernal.
Depois de uma birra com direito a gritos e tudo lá me deram autorização para risperidona e leitinho para dormir.

Entramos no consultório e mal viu a maca começou a chorar e a gritar, a força lá conseguimos que a médica o liga se aos fios.
Depois de quase os arrancar, de eu contar duas histórias e até cantar lá adormeceu e conseguimos realizar o exame mas não foi nada facil..

Agora é esperar pelos resultados, espero que venham boas notícias.

Desobediência

Em casa a Luana insiste em não cumprir o que lhe digo para fazer e chega mesmo a fazer o contrário. Chega a ditar as suas próprias regras. E quando crescer como será? Travar é um trabalho que temos feito para que o ambiente aqui em casa não fique de "cortar a faca".
A minha bebé transformou se, ja nem a conheço.

Tento firme sem agressividade quanto  mais calma e firme estiver, mais atenção consigo da parte dela.
Tenho horários definidos e da impossibilidade de não os respeitar.
Sempre que ela conseguir cumprir regras elogio o seu bom comportamento para que ela se aperceba que tem mais benefícios quando chama positivamente a minha atenção.
Este tipo de comportamentos pode ser, necessidade de chamar a atenção para combater isso tenho tido momentos so nossos para que ela sinta que é a minha menina. E que nao ha motivo para estes comportamentos.

E que tal um desafio?

Hoje depois de ler mais um e-mail de uma leitora, mãe de um menino feito de pó de fada lembrei me de vós lançar um desafio.

E que tal vocês me contarem num pequeno resumo a história dos vossos meninos?
Contem me os medos, as vitórias, tudo.
E partilho uma vez por mês (se tiver muitas histórias passo a uma vez por semana), todas serão partilhadas.

E bom para quem desabafa e para quem lê.

Basta me mandar um e-mail ou uma mensagem para o Facebook do pagina. Eu responderei e antes de publicar mando novamente resposta a dizer que foi partilhado.

Aceitam o desafio??

Mae de 3 filhos!!!

Só quem tem três filhos (ou mais)...

... da por si a comprar tudo o que vem em múltiplos de 3(3,6,9);


… dá a mão a dois deles para atravessar a rua e pede a um que dê a mão ao terceiro – coisa que nunca aceitam;

… faz, toda semana, o que para os outros é uma compra de mês;

… tem que planejar uma verdadeira operação de logística toda vez que sai de casa com eles.

… ganha três presentes fofinhos feitos por eles de Dia da Mãe todos os anos (e chora em todas);

… descobre que três é o número mínimo ideal para qualquer brincadeira.

… ouve as mais diversas expressões acerca dos seus filhos


… descobre que, agora, eles são maioria em casa…

… ouve: “ É mãe de três? É corajosa!

E ainda tem quem pergunte: “Quando vem o quarto filho????”

O fato é: engana-se quem acha quem pensa que o único esforço é monetário, eles precisam (e nós também)  de tempo.

Engana-se quem acha que é só multiplicar por três.

Desafios ao cubo;
Responsabilidades ao cubo;
Possibilidades de crescimento ao cubo;
Amor ao cubo – …

Alguma vez pensou como são escolhidas as mães de meninos especiais???

Recebi hoje um e-mail de uma leitora. Quando o li emocionei-me e pensei em todas as mães "especiais". Obrigada pela partilha! Tinha de o  partilhar convosco.
Este texto é para todas nós.

“Alguma vez pensou como Deus escolhe as mães das crianças especiais?

Eu já… Uma vez vi Deus a pairar sobre a Terra, selecionando o seu instrumento de propagação com grande carinho (…). Enquanto observava, instruía os seus Anjos a tomarem nota num grande livro:

– Para a Beth, um menino. Anjo da Guarda, Matheus.

– Para a Miriam, uma menina. Anjo da Guarda, Cecília.

– Para a Regina, gêmeos. Anjo da Guarda Geraldo, ele já está habituado. Finalmente, Ele passa um nome para o Anjo, sorri e diz:

– Dê a esta mãe uma criança deficiente. O Anjo, cheio de curiosidade, pergunta:

– Porquê ela, Senhor? Ela é tão alegre!

– Exatamente por isso, diz Ele. Como poderia eu dar uma criança a uma mãe que não sabe o valor de um sorriso? Seria cruel…

– Mas será que ela vai ter paciência?

– Eu não quero que ela tenh…

Coisas que não devemos dizer aos nossos filhos

Ser mãe /pai não é facil e muitas vezes dizemos coisas da boca para fora sem pensarmos nas consequências que podem ter.

 Há coisas que quando ditas aumenta a humilhação e baixa autoestima, e a atitude negativa fica ainda mais reforçada na criança. 

Deixo aqui algumas:

És um desarrumado

Tu gostas de me chatear

Assim não chegarás a nenhum lado

Não gosto mais de ti

Aprende com o teu irmão

Vais ficar de castigo

Estas sempre a brigar

Fica longe de mim...não te quero ver

Não sabes ficar quieto

Tu matas me de desgosto

Cada dia te comportas pior

Es um mentiroso

Não sei quando vais
aprender

Tu não gostas de mim

Assim não terás amigos

Sei que mudas vezes saem sem queremos, apenas por cansaço ou nervosismo mas é bom evitar porque ofender não é educar.


Adiamento da entrada para o 1º ciclo

Hoje começou o infantário do tim, o último ano ou não.
A educadora de ensino especial do tim ja me falou do pedido de adiamento de entrada para o 1º ciclo.
A meados de Fevereiro vamos reunir para se decidir se vamos pedir ou nao. Só é aceite a miúdos cujo adiamento vá dar-lhes muitos mais conhecimentos e capacidades para o 1º ciclo.

Se durante estes meses o Martim desenvolver algumas coisas é pedido o adiamento pois com mais um ano pode chegar ao mesmo nível dos outros meninos.

Caso não desenvolva vai para a escolinha pois neste caso mais um ano nao fará diferença.

E depois há a possibilidade dele dar um grande pulo e desenvolver muito e ir para o primeiro ano ao nível dos outros meninos(queria tanto que assim fosse).

Estes meses vão ser de trabalho árduo para o Martim e sei que para educadora, para a terapeuta da fala, para a terapeuta ocupacional e para mim seja qual seja o desfecho o Martim ja é o nosso herói.




A importância do pequeno almoço

O pequeno-almoço é das refeições mais importantes e aqui em casa levamos muito a serio e ninguém sai de casa sem o tomar.
Deve ser entendido como uma refeição indispensável.. Para além de quebrar o jejum – após uma noite de sono o corpo precisa de repor os níveis de energia – contribui para um melhor desempenho físico e intelectual, constituindo um excelente aliado na prevenção da obesidade e ajudando a diminuir o impulso de comer em excesso na refeição seguinte.

Assim, um pequeno-almoço completo deve incluir:
- Leite ou derivados, na medida em que são importantes fontes de cálcio, apresentando ainda a capacidade de nutrir e hidratar o organismo.
- Cereais e/ou seus derivados, que, por serem ricos em hidratos de carbono, são uma fonte altamente energética, essencial para repor a energia nos músculos e no cérebro.
- Fruta: pelo valor nutricional que apresenta e elevado teor em fibras, água e vitaminas, a fruta não deve ser esquecida.
Por apresentar benefícios ao nível do rendimento es…

Poupar no material escolar

O mês de Setembro é sinónimo de início das aulas dos miudos que por si é sinónimo de gastos para os pais.  Livros,material, roupas, sapatos e para quem tem mais de um filho tornar-se complicada esta altura por isso todas as dicas de poupanças são bem vindas. 
Então resolvi deixar vos algumas dicas para se poupar na hora de comprar o material escolar :

1-REUTILIZAR O MATERIAL DO ANO ANTERIOR Veja o que sobrou do ano letivo anterior e pode ter um novo uso,não ceda a tentações a que o seu filho está sujeito pois ele é bombardeado com informação do material escolar da moda para o actual ano, estabeleça um tacto máximo de gastos com o seu filho.
2- FAZER UMA LISTA DO MATERIAL ESCOLAR QUE O SEU FILHO PRECISA Escreva numa folha o material que vai ser realmente necessário e o valor que tem para gastar. Quando for escolher não pode fugir do que está escrito!   Não ceda a tentações com cadernos com super-heróis da banda desenhada ou de carros, use cadernos de capa preta e encaderne a seu gosto…

Intolerância a lactose

Hoje venho falar de Intolerância a Lactose, foi me diagnosticado a pouco mais de seis anos e os meus meninos foram intolerantes(passou a todos com 2 anos mas ainda temos alguns cuidados).

A intolerância a lactose manifesta-se após o consumo de leite ou de derivados do leite, e manifesta-se com cólicas, diarreias, flatulência, etc.
Basicamente a intolerância à lactose deve-se à falha de produção de um enzima digestivo (lactase) que degrada a lactose (um açúcar presente no leite). Essa falha faz com que a lactose não seja degradada e vai acumular-se no intestino servindo de alimento às bactérias da flora intestinal (fermentação). Deste modo as bactérias produzem muito gás (flatulência) e alteram o equilíbrio osmótico originando as diarreias e cólicas intestinais.

A intolerância à lactose pode ser genética, a qual se manifesta logo em recém nascidos, ou pode ser adquirida progressivamente à medida que se avança na idade... Para quem têm este problema, a solução passa por simplesmente não…

Termos que nunca se deve dizer a uma mãe de uma criança especial

1. “Coitadinho, Tadinho” Definitivamente não o chame de “coitadinho ou tadinho”, pois não são coitados. Muito pelo contrário, lutam todos os dias por uma qualidade de vida melhor.
2. “Doente” Esse termo é extremamente errado e preconceituoso.
Nossos filhos não são doentes, doente é sua falta ignorância e falta de conhecimento.
Doente é quando qualquer pessoa tem uma gripe, uma dor de cabeça, uma virose e etc…
3. “Problema, probleminha”
um dos termos que provavelmente todas as mães de criança com necessidades já ouviu diversas vezes…Eu odeio! E quando falam isso, eu sou curta e grossa e respondo mesmo! Uma criança com deficiência e/ou adulto não tem um “problema”, tem uma deficiência e ponto.
Problemas temos nós adultos!
4. “Alejado” Esse é um termo grosseiro e rude. Use o termo certo deficiente, pessoa com necessidades especiais.
5. “Retardado, Mongol ” São termos chulos e preconceituosos não devem ser usados. Esses termos ofendem nós pais.
6. “Fardo” Pessoas com ou sem deficiência n…