Avançar para o conteúdo principal

Tatuagens

Hoje vim falar de tatugens.

 Fiz a minha primeira com 16 anos.

Mas tatuagem é coisa SÉRIA, é algo que fica para SEMPRE no nosso corpo.

Os meus pais sempre foram contra, diziam que me podia perjudicar o futuro pois infelizmente ainda ha algum preconceito sobre quem tem tatuagens.
Eu acho que as minhas nunca me atrapalharam, sou bem discreta também.
Na minha visão tatuagens nao define personalidade nem carácter.

Minha primeira foi metade de um coração (fiz com o marido, éramos tao novinhos). Queríamos alguma coisa simples e que ninguém percebe se o que significa.

A segunda escolhi fazer no peito que é um lugar bem discreto.

Na época fiquei em dúvida de fazer no pulso ou peito e acabei optando pela segunda, e não me arrependo… Tatuei o nome dos meus filhos. Simples, elegante e cheia de amor.


A minha terceira foi a única que tive um pouco de receio em fazer pois era um passo muito grande, ao fim de 8 anos juntos resolvemos fazer o nome um do outro. Foi para assinalar uma mudança.


A quarta tatuagem é muito especial por dois motivos, foi a minha filha que desenhou e é uma tatuagem em homenagem a minha irmã.

Sou apaixonada por ela!



Para mim, tatuagem tem que ser feita para marcar fases das nossas vidas, tem que ser alguma coisa MUITO bem pensado e planejado.

Pensei bastante nas minhas e sao todas simples.

Se penso fazer mais? Sim mas vou com calma.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Alguma vez pensou como são escolhidas as mães de meninos especiais???

Recebi hoje um e-mail de uma leitora. Quando o li emocionei-me e pensei em todas as mães "especiais". Obrigada pela partilha! Tinha de o  partilhar convosco.
Este texto é para todas nós.

“Alguma vez pensou como Deus escolhe as mães das crianças especiais?

Eu já… Uma vez vi Deus a pairar sobre a Terra, selecionando o seu instrumento de propagação com grande carinho (…). Enquanto observava, instruía os seus Anjos a tomarem nota num grande livro:

– Para a Beth, um menino. Anjo da Guarda, Matheus.

– Para a Miriam, uma menina. Anjo da Guarda, Cecília.

– Para a Regina, gêmeos. Anjo da Guarda Geraldo, ele já está habituado. Finalmente, Ele passa um nome para o Anjo, sorri e diz:

– Dê a esta mãe uma criança deficiente. O Anjo, cheio de curiosidade, pergunta:

– Porquê ela, Senhor? Ela é tão alegre!

– Exatamente por isso, diz Ele. Como poderia eu dar uma criança a uma mãe que não sabe o valor de um sorriso? Seria cruel…

– Mas será que ela vai ter paciência?

– Eu não quero que ela tenh…

Queridos leitores!

Queridos leitores
Infelizmente, estou a passar uma das piores provações que uma mãe e mulher pode passar.
Perdi o meu Amor, e os meus filhos perderam o pai.
Não sei quando retomarei a atividade normal do blogue. Peço desculpa a todas as marcas que me apoiam, a todas as pessoas que me seguem, mas este, para além de um momento de profunda dor, é um momento de muita luta. Nunca fui rica, no entanto, neste momento sou a única fonte de rendimento dos meus filhos. O trabalho, a burocracia relativas ao acidente do meu amor e os meus filhos têm me ocupado todo o meu tempo.
Peço que agora, mais que nunca, não deixem de acreditar em mim. Quero muito voltar, mas ainda não estou preparada.
Com amor,
Mónica

Hiperatividade e omega3

Quando me deparei com o diagnóstico do Martim de hiperativo que andei feita barata tonta a procura de respostas e tratamentos.
A pediatra recomendou dar-lhe ómega 3(como ja vos contei noutro post).
E graças a deus os resultados têm sido muito positivos.
Por isso mesmo resolvi partilhar com vocês a informação que me foi dada pela pediatra, para que vos ajude tambem a vocês. 

"Déficit de atenção/hiperatividade (ADHD) e omega3:

Crianças com déficit de atenção/hiperatividade (ADHD) podem ter baixos níveis de ácidos graxos essenciais (incluindo EPA e DHA) no organismo. Estudos com aproximadamente 100 meninos mostraram que aqueles com níveis mais baixos de ômega-3, apresentaram mais problemas de aprendizado e comportamento (como temperamento variável e distúrbios do sono), do que meninos com níveis normais de ômega-3. Em estudos animais, baixos níveis de ômega-3 mostraram uma concentração mais baixa de certos neuroreceptores cerebrais (como a dopamina e a serotonina) relacionados com a…